Alerta de incompatibilidade com Internet Explorer
Título: Gerenciamento do tempo do processo no TRT/RJ
Autor(es): Abdelhay, Andréa Christina Marcondes
Assunto: Princípio da razoável duração do processo - Acesso à justiça - Emenda Constitucional nº 45/2004 - Duplo grau de jurisdição
Data de Publicação: 01/01/2009
Citação: ABDELHAY, Andréa Christina Marcondes. Gerenciamento do tempo do processo no TRT/RJ. 2009. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Administração Judiciária)-Curso de Pós-Graduação em Administração Judiciária, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2008.
Resumo / Ementa: Demonstra a importância do gerenciamento do tempo do processo, à luz dos princípios constitucionais da razoável duração do processo e do acesso à justiça. Afirma que um gerenciamento eficaz do tempo do processo é capaz de identificar o chamado "tempo morto". A partir de uma amostra de cinquenta processos, distribuídos até o ano de 2001, que ainda se encontravam na fase de conhecimento até 2007, foi feito neste trabalho uma definição das etapas mais significativas desta fase processual e o levantamento comparativo dos respectivos tempos parciais com breve análise quantitativa e qualitativa, tendo como objetivo primordial demonstrar o potencial deste tipo de acompanhamento para a gestão eficaz do tempo do processo, buscando alcançar a duração razoável prevista na Contituição Federal.
Descrição: Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Administração Judiciária)-Curso de Pós-Graduação em Administração Judiciária, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2008.
URL: http://bibliotecadigital.trt1.jus.br/jspui/handle/1001/2921
Tipo de Documento: Monografia
Data de Acesso: 2010-03-23T18:13:40Z
2012-03-21 02:10:15
Data de Disponibilização: 2010-03-23T18:13:40Z
2012-03-21 02:10:15
Aparece nas coleções:Monografias do MBA em Administração Judiciária

Anexos
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA.MBA.pdf542 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir




Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.